Diário de Viagem - 5 dias em Buenos Aires

Na semana passada fui para Buenos Aires com meu pai e ficamos lá por 5 dias.
Mostrei algumas coisas pelo stories e através de fotos no instagram, mas não poderia deixar de fazer um diário da viagem pra vocês.


Chegamos na quarta-feira, umas 14h, e pegamos um uber do aeroporto até o hotel (deu uns 40/50 min), achamos mais seguro do que pegar um táxi devido aos boatos dos preços superfaturados e das notas falsas. Tem wifi no aeroporto então é fácil de pedir pelo aplicativo.
A cidade durante a semana é bem movimentada e me lembrou bastante o Rio, na questão de muitos carros na rua.

O check-in era às 15h, então fomos almoçar antes de começar a explorar. A primeira refeição foi no Vitola, um restaurante de esquina que servia um filé a milanesa muito bom, tomei uma gaseosa e meu pai um chop Quilmes.



Após o almoço passamos no hotel para deixar a mala no quarto e fomos bater perna.
No primeiro dia não fizemos nada demais pois estávamos muito cansados, acordamos 4h da manhã porque nosso voo era 5:30 e todo o processo de pegar avião/check-in/conhecer a cidade, deixa qualquer um cansado.





No dia seguinte acordamos cedo - por mais que a cidade levante tarde, nós não conseguimos rs - fomos tomar café no hotel e em seguida fomos até o ponto do City Tour para saber como funcionava o ônibus de turismo. Contratamos o pacote de 48hs, também tem o de 24h, e seguimos na linha azul (existem 3 linhas).



É um passeio caro mas que vale muito a pena, são 33 paradas nos principais pontos da cidade, com frequência de 20 minutos, guia informativo da cidade e guia de turismo a bordo com áudio disponível em dez idiomas.


Nós descemos em La Boca e vimos o estádio La Bombonera, voltamos para o ônibus e descemos no Caminito (era muito perto um do outro e daria para ir andando, mas só descobrimos depois rs). Estava bem frio porque no dia anterior choveu e caiu a temperatura, então fui tomar um chocolate quente (lá chamam de submarino porque eles colocam uma barrinha de chocolate dentro do leite quente, mas também tem o chocolate quente normal).





Ficamos no Caminito umas 2h, andamos bastante e almoçamos uma parrilla deliciosa (um churrasco misto). Contratamos o show de Tango no Café de Los Angelitos, que dá direito ao transfer e ao jantar, retornamos ao ônibus e fomos para o hotel descansar para curtir o show a noite.



Assim que chegamos ao Café recebemos o menu e escolhemos o que iríamos comer, tudo muito tradicional e chique. A bebida é a vontade (vinho, refrigerante, suco e água).
Após o jantar começa o show, tudo muito pontual. Fiquei apaixonada! A música, a dança, os figurinos, tudo incrível e impecável!






Sexta-feira, nosso terceiro dia na cidade. Fomos andando até o Tobas Café para tomar o café da manhã e ficamos esperando dar a hora de pegar o ônibus.



Pegamos a linha verde e passeamos bastante mas só fomos descer em Palermo Soho. Que lugar maravilhoso!!!



Com as ruas de paralelepípedo, é um bairro bem tranquilo com diversos cafés, restaurantes e algumas lojinhas. É o local onde fica a La Panera Rosa, um restaurante cheio de fofurices que você tem vontade de morar lá dentro - eu sou louca por coisas fofas rs.





Lá encontramos a loja De Vanguardia, que é um galpão com diversas multimarcas (foi onde comprei uma jaqueta jeans, o cinto Gucci e também trouxe duas blusas bem estilosas). Passeando pelas ruas encontramos também o El Patio, um café/restaurante bem bucólico e super fotogênico.
Palermo Soho é um bom lugar para ir a noite pois tem bastante promoções de happy hour.



De lá pegamos o city bus até MALBA, almoçamos no restaurante Domani e depois fomos ao Museu. Como tinham apenas duas exposições não ficamos muito tempo lá dentro. Pegamos a conexão para a linha vermelha e passamos pela Plaza San Martín, Floralis Genérica, descendo no Premium Outlet. Achei tudo muito caro, por mais que lá não seja um local destinado a compras, costumava ser mais em conta que no Brasil. Quando voltei até comecei a achar a Renner barata 😂.






Depois fomos até a Recoleta, lá também te La Panera Rosa, tem o Bartola e diversos outros bares/restaurantes. É um local bom para passear, sentar e conversar. Na volta fomos ao Teatro Colón, mas as visitas guiadas se encerram as 17h e já tinha passado desse horário. Então fomos andando até o hotel.



Em Buenos Aires você anda demais e sem perceber. As quadras são bem fáceis de decorar e você consegue se situar nos lugares sem se perder. A média de passos que a gente dava por dia era 22 mil!


No sábado acordamos cedo, mas a cidade não. Tudo só abre depois das 10 e nós tínhamos que pegar o ônibus até as 9h, então fomos sem tomar café mesmo. Passar pelo mesmo lugar diferentes vezes é legal porque você percebe novas coisas. Fomos na Galerias Pacífico e tomamos café (foi mais um brunch rs) no Nucha.



Demos uma volta na Calle Florida, compramos umas lembrancinhas e deixamos no hotel. Fomos almoçar umas 16h no Suipacha, pedimos Lomo com Papas Fritas (filé mignon com batata frita), passamos no Anteneo - uma livraria bem famosa e linda - e depois andamos até o Café Tortoni. A cidade respira beleza, sofisticação, lembra muito a Europa e dá vontade de tirar foto de tudo rs. Era Saint Patrick's Day mas voltamos para o hotel para descansar, eu estava com muita dor no pé.



Domingo, nosso último dia na cidade.
A tradicional feira de San Telmo acontece somente aos domingos e eu estava muito ansiosa para ver as antiguidades, imaginem a minha frustração quando o dia amanheceu chovendo 😔. Não foi surpresa porque eu vi na meteorologia que o tempo estaria assim, mas pensei que pudesse mudar até a hora de irmos. Como meu santo é forte, a chuva deu uma trégua e fomos na cara e na coragem para a feira. Tem muita coisa legal, retrô e com os preços bons mas você precisa pensar se aquilo realmente vale a pena, senão você quer levar tudo pra casa rs. Essa feira me lembrou muito a Feira do Lavradio, que tem aqui no Rio de Janeiro.


Quase comprei esse óculos *-*

Após andarmos bastante, resolvemos tomar um chocolate quente para nos aquecer. O vento estava muito forte e frio.


Chegou a hora de voltarmos ao hotel para pegar nossas malas e irmos ao aeroporto. Almoçamos no restaurante Patagonia, fica dentro do embarque, passamos pelo duty free e embarcamos.


Foi uma viagem bem tranquila, no voo enquanto meu pai dormia, eu fiquei assistindo a série que baixei para assistir offline - essa é uma dica de ouro!


Gostaram de nos acompanhar? Abaixo vocês podem ver o vídeo da viagem.


Hasta luego, mi Buenos Aires querido ♡.

4 comentários

  1. Muito bom kah, obrigado por escutar nosso pedido para realizar o diário de viagem! 👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...