Cores primavera Verão 2020

2020 parecia algo distante da nossa realidade, mas faltam 3 meses para ele chegar!!!
E hoje conto pra vocês as cores que estarão bombando no próximo ano.


O menta pastel, Neo Mint, veio da popularidade do millennial pink. É uma cor otimista, energética e fashionista, vai bem com diversos tipos de pele e traz sofisticação ao look. Se você ama tons pastéis, invista!
Ele incorpora o impulso em direção ao apelo neutro em termos de gênero.


Mellow Yellow, é o tom mais fechado de amarelo, uma versão mais alegre do mostarda. É elegante e fácil de compor as produções, deixando elas mais harmônicas.
Também pode ser usado nos detalhes ou na decoração.


Cantaloupe, é um laranja melão que lembra o papaya. Traz um ar de calma, passa tranquilidade e é uma cor chique. Para quem gosta de tons alaranjados, invista nessa cor! Ela não deixa o visual carregado e combina com tudo.
Pode ser usado tanto em detalhes quanto em produções monocromáticas.


Purist Blue, o baby blue vem com força total e faz um match certeiro com todas as outras cores.
É contemporâneo, fresh, moderno e aplica-se a todos os gêneros e idades.


Candy Pink
é um rosa claro, calmo, que traz leveza em todas as propostas de look, seja ela fashionista ou comfy. Ela é a queridinha das it girls e junto com as demais candy colors, será presença constante nas redes sociais e streetstyle.


Cassis
É um tom que é a fusão do rosa com roxo, cores que impactaram bastante o cenário fashion. Transmite romantismo, juventude, é moderno e discreto.



Neon Lime
Claro que o neon não ficou de fora dessa lista. Ele voltou e grudou na cabeça dos estilistas, pelo menos até o verão 2020. 
Vamos ver essa cor em pontos estratégicos, como acessórios, calçados ou até mesmo no vestuário. Ele vai aparecer muito na moda praia do próximo ano.


E aí, qual cor você irá aderir e qual deixará de fora do seu guarda roupa?

ILHA GRANDE - Final de Semana

Se você me acompanha no instagram, viu que minha amiga francesa veio passar uns dias aqui no Rio e fomos no final de semana para Ilha Grande (se você não sabia, ficou sabendo agora).


Como chegar à Ilha Grande?
Basta seguir pela Rodovia Rio Santos até a cidade de Angra dos Reis ou Mangaratiba. De lá, é preciso pegar uma barca até a Vila de Abraão.

Alugamos um carro e fomos, na sexta-feira a tarde, até Conceição de Jacareí - Mangaratiba pegar a travessia para Ilha Grande. Chegando lá, deixamos o carro estacionado num estacionamento *dica importante* - se você deixar o carro na rua ele pode ser rebocado. Compramos a travessia com o moço do estacionamento mesmo e ganhamos desconto, a empresa foi a Vila Nova Tour (se você preferir, pode fazer tudo previamente no site).
Pagamos:
- R$40,00 estacionamento
- R$100,00 Travessia (ida e volta)

Foto: Reprodução/Site Vila Nova Tour
Os horários das travessias são até às 18h, com intervalo de 1h entre cada (informações do site).
Nós chegamos 18:01 e ficamos desesperados!!! Por sorte teria uma travessia às 21h. Fomos lanchar e depois ficaríamos esperando no carro até o horário do barco sair. Como sou muito comunicativa, descobri que teria uma travessia extra 19:30!


Fizemos o trajeto até Ilha Grande em 25 min e fomos até nossa pousada (nós ligamos da estrada avisando que iríamos atrasar, porque o nosso check in estava marcado para 17h e só chegamos às 20h).


Aproveitamos pra já comprar o passeio de barco, fechamos com a Objetiva Tour.
Pagamos R$100 pelo passeio das Ilhas Paradisíacas (esse valor pode sofrer alteração por questão de alta/baixa temporada).


Ficamos na Pousada Yes, fomos atendidos pelo Beto.
Existem outras opções de pousada/hostel na ilha, mas como ficaríamos apenas o final de semana e passaríamos mais tempo fora, nos passeios, optamos por ela e adoramos o serviço.

Foto: Reprodução

Após nos instalarmos, fomos andar pela cidade e comprar alguns biscoitos e água pro passeio.
Eu sou uma pessoa muito friorenta, então não se assustem com a quantidade de roupa.


No sábado, acordamos cedo e fomos tomar café (incluso na pousada), ele começa às 8h e vai até às 10h.


O nosso barco sairia às 10h, aproveitamos para alugar o snorkel + pé de pato. Alugamos com o Marco, ele fica numa barraquinha bem em frente as agências e o cais. Como estávamos com a objetiva tour, ele fez um descontinho e pagamos em tudo R$20.

Primeira parada foi na Ilha Cataguás, ficamos de 50min a 1h.
É como se fosse uma praia, da pra entrar na água mas você também pode ficar sentado na areia, tinham algumas pessoas vendendo caipirinha e comida.
Tiramos algumas fotos, entrei na água e depois fiquei conversando com o pessoal que fizemos amizade.



Segunda parada, Ilhas de Botinas. Pra mim foi o lugar mais bonito!
Não tem parte de areia, então se você não quiser mergulhar pode ficar no barco.
A Karol, paulista que fiz amizade na viagem, levou arroz e jogou pros peixes de aproximarem - ideia genial!




Seguimos viagem até a Praia do Dentista.
Lugar tranquilo, que também da pra mergulhar e ver peixes - consegui enxergar mesmo sem óculos!
Nessa parada, olhamos o cardápio do restaurante Peixe com Banana e o Aloísio mandou nossos pedidos. Achei muito maneiro, porque quando fossemos para lá a comida já estaria pronta (não sei se todas as agências fazem isso, mas achei um diferencial).


Paramos para almoçar na Praia de Maguariquessaba, no Restaurante Peixe com Banana.
Os preços são salgados, como era de se esperar. Para não ficarmos com o estômago pesado, eu e João Ricardo pedimos uma porção de arroz e batata frita, deu R$35. E a Marion pediu uma porção de Lula R$75.

De lá fomos para a Lagoa Azul, mesmo esquema das Ilhas Botinas. Como não quis mergulhar, fiquei no barco apreciando a vista e tirando foto, claro.


Em seguida fomos para a Praia da Freguesia assistir o pôr do sol.
Que dia!! Que visual!!!
Amamos demais o passeio, a galera que estava com a gente tem uma vibe incrível e a trilha sonora do nosso barco estava sensacional, graças ao Aloísio. Se vocês puderem escolher, vão no barco dele. Ele é uma pessoal super alto astral e deixou o passeio mais animado.



Após o passeio, fomos até a pousada e depois saímos pra jantar.
Fomos no restaurante Lagoa Azul, estilo de comida caseira e muito boa. O prato é muito bem servido e o preço super em conta. Pedimos um filé de peixe, arroz, feijão e trocamos a salada por batata frita - deu uns R$25 +/-.


Depois de jantarmos fomos encontrar nossas amigas londrinas, Beca e Fla, e nossa amiga australiana Laura no hostel que elas estavam.


No dia seguinte, partiu Paraty!


Fomos almoçar na cidade, demos um passeio e estava acontecendo o Festival da Cachaça.
Não ficamos por muito tempo pois a viagem de volta seria longa.






Tem vlog no canal mostrando um pouco dos passeios.


Espero que tenham gostado de acompanhar nossa viagem.
Até a próxima ♡!!

Influbazar Ilha

No último sábado, 03/08, aconteceu a primeira edição do  Influbazar Ilha.


Mas o que é isso?
É um bazar das influencers da Ilha do Governador.


A ideia surgiu de fazer um desapego, convidar as amigas e ter diversidade de tamanhos, para atender todos os seguidores. Acabou tomando uma proporção grande, virando um evento com muitos parceiros e patrocinadores. Com isso aproveitamos para fomentar assuntos que achamos muito importantes, que são o consumo consciente e a moda sustentável. Pedimos como entrada, uma lata de leite em pó, que serão doadas para um lar de crianças que necessitam e pedimos também para que cada um levasse sua ecobag, conscientizando também em relação ao meio ambiente. 

As 10 primeiras compradoras receberam um kit e também teve sorteio de prêmios para quem comprasse acima de cem reais.

Seguidoras na fila antes da porta abrir
Cada influencer ficou responsável pelo seu próprio espaço e pôde organizá-lo da forma que quisesse.



A identificação ficou por conta da papelaria criativa 3 Marias.





Nosso almoço ficou por conta da Delixious Fit, ela levou sanduíche natural, salada de fruta e suco. Afinal, não tínhamos como deixar o espaço nem por 1 segundo!
E após finalizarmos tudo, recebemos da Delicatto Ilha um X-Tudo maravilhoso!!!! Salvou nossa noite.

O evento foi um sucesso!! Eu, Ste Alves, Deborah Valela, Keila Araújo e Jessica Neto ficamos muito felizes com a repercussão, com todo o carinho e feedback que recebemos.
Abaixo seguem fotos dos nossos looks:

Karina Duarte

Ste Alves

Deborah Varela

Keila Araújo

Jessica Neto

Muito obrigada a todas as seguidoras que foram lá nos prestigiar e a todos os parceiros que acreditaram na nossa ideia e entraram de cabeça.
Tem vídeo no canal mostrando como foi!


Já estamos pensando na 2ª edição e planejamos fazê-la ainda esse ano.


Não deixe de acompanhar tudo pelo instagram @influbazarilha

Calça Cargo

O hit dos anos 2000 voltou com força e ganhou os armários das fashionistas! 

Isso é um reflexo de como a busca pelo conforto tem sido o grande protagonista na hora de montar o look. A peça está reformulada, numa pegada sport chic, compondo looks descontraídos e modernos.

Foto: reprodução / pinterest

O que é uma calça cargo?
É uma calça com bolsos laterais. 
Foi boom nos anos 90 e 2000, mas ela foi criada inicialmente para os militares durante a década de 40. Os bolsos cargo tinham a função de carregar munição e, assim, facilitar a movimentação dos soldados.
Na releitura da calça cargo, ela vem em diferente cores, tecidos e estilos.

Ela fica ótima com coturno, deixando seu look no estilo utilitário.

Foto: Reprodução / Pinterest

Foto: reprodução / pinterest

Combinando ela com salto e diferentes tendências, temos um look super moderno.
Como por exemplo, essa calça cargo jeans da Balenciaga + cropped de mangas bufantes.

Foto: Reprodução/ Pinterest

A cor verde militar remete ao modelo de origem, mas ela fica linda também em cores como o preto, cáqui e marsala.

Foto: reprodução / pinterest
Foto: reprodução / pinterest
foto: reprodução / pinterest


E ainda podemos combiná-la com tênis, versatilidade é seu nome!

Foto: reprodução / pinterest
foto: reprodução / pinterest

O que vocês acham dessa peça?


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...